Corte pode acabar com PIBID

O Uni-FACEF acompanha com atenção os desdobramentos e consequências do programa de ajuste fiscal do governo federal. Os ajustes previstos devem atingir inclusive a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), na forma de cortes que devem chegar à ordem de R$ 785 milhões de reais. A Capes financia importantes projetos e, entre eles, o PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência). A decisão será tomada na próxima sexta, 26, em reunião entre o Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, e o Presidente da Capes, Prof. Carlos Afonso Nobre.

No Uni-FACEF, o PIBID existe desde 2011 e envolve três cursos (Letras, Matemática e Psicologia). São 105 alunos bolsistas e 23 profissionais (coordenadores e docentes). Eles atendem mais de 1300 alunos de escolas públicas estaduais, em Franca (SP): Escola Estadual Prof. Mário D’Elia; Escola Estadual Prof Dante Guedine Filho, e Escola Estadual Profa. Lydia Rocha Alves. Dos 105 alunos bolsistas, 30 são do curso de Letras, 35 de Matemática, e 40 de Psicologia.

A Profa. Dra. Monica Faleiros, docente do curso de Letras e atuante no PIBID, lamenta a situação e destaca que o PIBID permite o trânsito entre professor e aluno, colaborando para a formação e promoção do ser humano. Para ela, o PIBID permite a aproximação com a escola pública de forma a construir pontes entre as diversas realidades, e, nesse processo, constrói-se o conhecimento, um conhecimento que liberta, que transforma e que promove os cidadãos. A Profa. Dra. Ana Lúcia Furquim Campos-Toscano, Coordenadora do curso de Letras, e também atuante no PIBID, igualmente decepcionada com os rumos que a educação tem tomado, afirma que o PIBID é importante ferramenta de valorização do magistério e de capacitação dos alunos de cursos de licenciatura. Por meio do PIBID, destaca a Profa. Ana Lúcia, as crianças atendidas recebem uma aula diferenciada, uma vez que há uma constante preocupação com as questões metodológicas empregadas e, por este motivo, os alunos bolsistas dedicam-se intensamente para colaborar com os professores da escola pública para, juntos, construírem uma nação melhor. A Profa Dra. Silvia Viel, Coordenadora do curso de Matemática e Coordenadora Institucional do PIBID, lamenta dizendo que o programa de ajuste fiscal promovido pelo governo federal está prejudicando o PIBID.

A Capes e o MEC (Ministério da Educação e Cultura) têm negociado nas últimas semanas para que o corte não comprometa de forma definitiva os programas de formação docente, conforme informações que têm circulado na mídia.