Dia Internacional de Luta Contra o Câncer Infantil

Nesta semana, comemora-se o Dia Internacional de Luta Contra o Câncer Infantil. A data (15/02) serve para despertar a conscientização da população sobre o problema e valoriza a luta das crianças para superar a doença.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), todos os anos cerca de 11 mil crianças e adolescentes de 1 a 19 anos são diagnosticados com câncer, no Brasil.

Atualmente, a doença é a causa número 1 das mortes de pessoas nessa faixa etária. No entanto, o diagnóstico precoce pode ser a chave para reverter esse quadro. Por isso, os pais devem sempre estar atentos a quaisquer mudanças na saúde dos filhos, prestando atenção em alguns sintomas que podem estar associados ao câncer. Alguns deles são palidez, manchas roxas sem relação com machucados, febre, dor abdominal e urina com sangue, entre outros.

Se ocorrer o surgimento desses e de outros sintomas incomuns, é fundamental a consulta e acompanhamento do pediatra. Já no caso de confirmação da doença, o acompanhamento médico para o tratamento adequado do câncer é fundamental. Além disso, o cuidado psicológico não pode deixar de existir, tanto para as crianças quanto para os pais, para que todos lidem com a situação da melhor maneira possível.

Além do apoio médico e psicológico, várias instituições abraçam a causa com o intuito de melhorar a vida dessas crianças.

Na cidade de Franca (SP), o Hospital do Câncer, que é uma referência no tratamento de câncer, atende crianças, jovens e, também, o público adulto. E o atendimento não se restringe apenas aos munícipes de Franca; o Hospital atende, também, mais 22 municípios da região.

Você pode ajudar o Hospital do Câncer de Franca nesse valioso trabalho. Ajude com doações. É só falar com uma de nossas atendentes, no telefone (16) 3712-3093.

Acesse o site www.santacasadefranca.com.br e conheça um pouco mais sobre o Hospital, que é uma das unidades de um complexo hospitalar que engloba o Hospital Geral, Hospital do Coração e o próprio Hospital do Câncer de Franca.