Viagens e Mercado de Trabalho: experiências e descontos em viagens – (Universia/Santander)

 

 

Conteúdo exclusivo:

Criada no ano 2000, a Universia Brasil atua em colaboração com as universidades para promover a empregabilidade e levar conhecimento e formação à sociedade. Pensando em trazer mais um benefício aos universitários, lançou, em parceria com a empresa Contiki, o canal Viagens pelo Mundo no Portal Universia. Esse canal contém matérias, dicas, descontos e parcelamento exclusivo para pacotes de viagens.

Veja a seguir algumas dicas do Felipe Maluf, coach especializado em jovens, que mostra como uma viagem pode ser muito mais que um simples roteiro, mas sim uma experiência de vida que pode ser levada para o currículo. Divulgue essa matéria exclusiva para os seus alunos!

 

Como fazer com que sua viagem de férias seja valorizada pelo mercado de trabalho

 

Aprenda a fazer com que sua viagem de férias seja valorizada

 

Durante um processo seletivo, quanto mais vivências positivas um candidato tiver, mais chance tem de conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Além de sonho de consumo dos jovens, a experiência internacional é uma das experiências mais valorizadas por empresas que contratam jovens talentos.

Fora a diversão, uma viagem pode valorizar – e muito – o currículo de um profissional que está buscando uma posição no mercado de trabalho. No entanto, é preciso aprender a aproveitar o máximo da experiência, – afinal, a viagem não garante a vaga desejada, e sim dá ao candidato diferenciais e argumentos para mostrar o que tem de melhor.

Como fazer com que a experiência seja valorizada pelo mercado? O coach e palestrante Felipe Maluf dá algumas dicas:

 

TIRE MAIS DE UMA VIAGEM DE TURISMO

As viagens voltadas para o turismo podem sim ser consideradas experiências positivas na hora de conseguir um emprego. Para Felipe Maluf, tudo está relacionado à capacidade que o profissional possui de transformá-la em boas histórias e saber conectar – e contextualizar – as vivências com a realidade de ambientes de trabalho durante uma entrevista.

“É possível alinhar lazer com aprendizado. O jovem, quando se planejar para uma viagem, pode – e deve – ter objetivos pessoais nos locais que deseja visitar, mas pode aproveitar esse tempo para pesquisar determinado tema ou se aprofundar sobre algum assunto. Levar objetivos profissionais para serem explorados durante a experiência não significa que a pessoa não terá oportunidade de descansar, mas sim que estará aprendendo se divertindo.”, ressalta Maluf.

APROVEITE AS CONEXÕES

Você deve estar se perguntando como alinhar o lazer com aprendizado profissional, não é mesmo? Felipe conta que, antes de fazer uma viagem internacional, o jovem pode aproveitar as redes sociais para entrar em contato com profissionais das cidades em que irá visitar, explicando que está interessado em conhecer mais sobre seu trabalho em outra cultura. As pessoas, em geral, serão receptivas.

A programação da viagem pode ser estruturada de forma que a pessoa visite pontos turísticos e também aproveite o tempo para conhecer a estrutura de uma empresa voltada para sua área de atuação. Assim, entenderá como funciona a dinâmica de trabalho em outro país, além de conviver com questões culturais diferentes.

Além de agregar conhecimento, a iniciativa também auxiliará a tirar o profissional de sua zona de conforto, no momento em que busca e interage com novas conexões. É preciso sair do senso comum e vivenciar, a fundo, outra cultura.

 

 

UNA AS DIFERENÇAS

Aproveitar a viagem para conviver com nativos daquele país e outros turistas também é fundamental. Seja em uma fila, no restaurante ou em um ponto turístico, conversar com moradores da cidade em que está visitando é uma ótima fonte de informação – além de ajudar, também, a tirar o jovem da zona de conforto pela diferença de idioma. Felipe afirma que as conversas são a melhor a forma de compreender como flui o mundo e como as coisas funcionam longe de casa – agregando ainda mais valor à experiência. Em viagens com pessoas de vários países, esse potencial é ainda maior.

COMPARTILHE SEU APRENDIZADO

Como compartilhar a experiência na hora de conquistar o emprego? Basta saber contextualizar as vivências que a viagem proporcionou, além das diferenças de um país para o outro.

Felipe diz que utilizar a viagem para dar um contexto diferente para uma resposta durante uma entrevista de emprego passa uma ótima impressão. O importante é mostrar que é curioso, que soube observar e que foi além do cotidiano para entender como a profissão funciona em outro cenário.

ROTEIROS TURÍSTICOS DE FÉRIAS COM CONDIÇÕES ESPECIAIS

 

Para tornar as viagens ao exterior mais acessíveis para os universitários brasileiros, em parceria com a Universia, o Contiki, líder no mercado de pacotes turísticos para jovens, oferece mais de 270 tours pelo mundo. Os roteiros são ideais para jovens de 18 a 35 anos que querem viver uma experiência única e dividi-la com viajantes do mundo todo. Conheça os pacotes e benefícios exclusivos do Contiki para usuários Universia e invista no seu futuro profissional! Acesse: https://www.stb.com.br/pacotes-viagens-internacionais/promocoes-de-viagens-para-estudantes-universia