Atividades desenvolvidas

 

Atividades de 2014

III ENCONTRO DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA – 2014

Mesa-redonda:

A inserção de alunos de graduação no desenvolvimento de trabalhos institucionais nas escolas: desafios, vicissitudes e perspectivas

Palestra:

O PIBID, o fortalecimento da licenciatura e a relação entre universidade e escola pública

Apresentação de trabalhos:

A congruência e o código de barras

A mídia contemporânea na sala de aula do PIBID de Franca

A mídia contemporânea na sala de aula: o exemplo do PIBID – UNESP – Câmpus de Franca

Um estudo sobre televisão digital para dispositivos móveis no ensino de matemática

A importância da relação entre licenciando-bolsistas e professores supervisores do projeto PIBID/Capes/Matemática

As contribuições da atuação dos licenciandos/bolsistas do PIBID/Matemática em escolas de educação fundamental

O subprojeto de história do PIBID da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais – UNESP – Campus de Franca

Projeto “Ler brincando”: propostas de atividades lúdico-literárias no PIBID / Letras Uni-FACEF

As concepções de tempo no ensino de história contemporânea: o exemplo do PIBID – UNESP – Câmpus de Franca

Avaliação diagnóstica como instrumento para detecção de diferenças individuais quanto aos conhecimentos prévios e potencialidades

Avaliação diagnóstica: introdução de projeto de leitura e escrita

O uso do material dourado nas atividades do PIBID nos sextos anos do ensino fundamental

Metodologias alternativas no ensino da História: experiências do PIBID no contexto de ensino-aprendizagem dos 7º e 8º anos na Escola Estadual “Júlio César d’Elia”

De como surgiu a coletânea de crônicas e propostas de produção de textos no grupo do PIBID/LetraS – Uni-FACEF

Literatura de cordel: um gênero que desperta a criação

O “Convite” de José Paulo Paes e as várias formas de brincar de poesia

O Processo de leitura e escrita: avaliação diagnóstica em nova etapa do PIBID

 

Visitação à 14a Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto

http://www.feiradolivroribeirao.com.br/

Atividades de 2011 até 2013

Área de Letras

Sequências didáticas:

Sequência didática sobre a poesia concretista e sobre o poema de José Paulo Paes, “Convite”

Esta sequência didática teve por objetivo de estimular a escrita de poesia através da atividade sobre o poema “Convite”, de José Paulo Paes; propor uma brincadeira com palavras, em que os alunos fazem poesia com os nomes dos amigos. Retomar conceitos de poesia. Estimular o cuidado, o capricho e a organização com o material, através da confecção de uma capa para a pasta, utilizando poesia concreta e mostrando aos alunos a relação significante/significado. Produzir a capa da pasta, fazendo uma poesia concreta que identifique o aluno, recortar revistas e colar na pasta.

Sequência Didática sobre o poema de Cecília Meireles, “Ou isto ou aquilo”

Essa sequência didática tem como objetivo apresentar o desenvolvimento da atividade do poema “Ou isto ou aquilo” de Cecília Meireles. Como forma de motivar as crianças, começarmos a atividade, explorando dados biográficos da poetisa e contextualizando a obra. Fizemos uma leitura jogralizada do poema com os meninos, discutimos a temática da escolha e propomos perguntas interpretativas. Abordamos a estrutura sintática do texto poético e explicamos as conjunções coordenativas e subordinativas presentes no poema. Em seguida, incentivamos os alunos a produzirem um texto que possuísse a mesma estrutura sintática proposta pela poetisa.

Sequência didática sobre o conto de Rubem Alves “O escorpião e a rã”

O objetivo desta sequência didática é resumir em etapas tudo o que trabalhamos em relação à fábula “O escorpião e a rã”, do autor Rubem Alves, começando pela biografia do mesmo; por ser diferente das fábulas tradicionais, ela nos remete a uma reflexão maior em relação à moral da história. Para a exploração da fábula, trabalhamos com: etapas da narrativa, reflexão, as diferenças entre as fábulas tradicionais e o texto de Rubem Alves, moral e o paratexto final, e por fim desenvolvemos uma atividade, tendo como base o RAP, suas características e etimologia, por ser um gênero que supostamente esteja presente no cotidiano desses alunos, e cause maior interesse na atividade.

Produções artístico-culturais

Dramatização do conto da Dama pé-de-cabra: Os alunos do 7º ano do ensino fundamental receberam um kit de materiais com um livro de histórias medievais intitulado Histórias Mal-Assombradas de Portugal e Espanha, de Adriano Messias. A partir de uma dessas histórias, o conto “A dama pé-de-cabra”, fizemos uma leitura dramatizada. Esta história originalmente compõe o conjunto de narrativas medievais do Livro de Linhagens e foi recontada, no século XIX, por Alexandre Herculano. Assim, fomos buscar na origem, nesses dois textos, a narrativa para adaptar e dramatizar, utilizando teatro de fantoches.

Processo de criação do RAP: Para realizarmos a produção musical, partimos da reflexão sobre a fabula ´´O escorpião e a rã“, exploramos o significado  que a  fábula nos transmitiu, e como a moral dessa fabula  é ampla. Relacionamos com o paratexto final da obra ´´A estupidez do poder é maior que o amor a vida“. Para dar voz às crianças sobre como entenderam ou sentiram as atitudes das personagens na história, propusemos que escrevessem um texto em forma de Rap. Para isso, abordamos a história do RAP, da etimologia até os dias atuais.