Entenda o FIES

O FIES é um programa criado pelo Governo Federal com o objetivo de viabilizar o acesso à Educação Superior. Para que o estudante possa ter acesso é necessário que esteja com a matrícula efetivada e os pagamentos em dia.

O percentual financiado é determinado pelo próprio estudante, e pode variar entre 50 e 100% do valor do curso; a aprovação do percentual é realizada no final do procedimento de inscrição pelo próprio sistema.

O FIES financia o semestre integral, o que significa que o valor pago pelo estudante até firmar o contrato é ressarcido ao mesmo, na forma de desconto nas próximas parcelas (no caso de financiamento entre 50 e 95%), ou depósito em C/C (quando o financiamento é de 100%).

Para fins de contratação é possível escolher entre Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Informações sobre taxas de juros, amortização e pagamentos devem ser obtidas na Instituição financeira.

Como fazer a inscrição

As inscrições dos estudantes interessados em participar do processo seletivo do FIES serão efetuadas em uma única etapa, exclusivamente pela internet, por meio do Sistema de Seleção do FIES – FiesSeleção, no endereço eletrônico http://fiesselecao.mec.gov.br.

Somente poderá se inscrever no processo seletivo do FIES o estudante que, cumulativamente, atenda as seguintes condições:

I – não tenha concluído curso superior;

II – tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM a partir da edição de 2010 e obtido média aritmética das notas nas provas igual ou superior a quatrocentos e cinquenta pontos e nota na redação superior a zero; e

III – possua renda familiar mensal bruta per capita de até dois e meio salários mínimos.

O processo seletivo do FIES será constituído de uma única chamada.

O estudante será pré-selecionado na ordem de sua classificação, observado o limite de vagas ofertadas por curso, turno e local de oferta.

Os estudantes não pré-selecionados na chamada única do processo seletivo do FIES constarão de lista de espera a ser utilizada para fins de preenchimento das vagas eventualmente não ocupadas.

Os estudantes pré-selecionados na chamada única deverão acessar o Sisfies, no endereço eletrônico http://sisfiesportal.mec.gov.br, e concluir sua inscrição para contratação do financiamento.

O Uni-FACEF recomenda atenção no preenchimento das informações nas inscrições, pois não serão possíveis alterações após o encerramento do prazo estabelecido.

Os estudantes pré-selecionados na lista de espera do processo seletivo do FIES deverão acessar o Sisfies, no endereço eletrônico http://sisfiesportal.mec.gov.br, e concluir sua inscrição para contratação do financiamento no prazo de 10 (dez) dias corridos, a contar da divulgação de sua pré-seleção no FiesSeleção.

Na fase de validação da inscrição junto à CPSA, a apuração de situação distinta da informada no FiesSeleção pelo estudante pré-selecionado importará na sua desclassificação.

 

O que trazer à faculdade

Logo após concluir a inscrição no site, o estudante deverá comparecer no Uni-FACEF, trazendo (invariavelmente):

  • Cópia da inscrição do FIES;
  • Cópia dos documentos abaixo:
    • Carteira de Identidade e CPF (ou Carteira de Habilitação) de TODOS os moradores da casa;
    • Comprovante de residência (conta de água, energia elétrica, telefone ou cartão de crédito);
    • Diploma ou Certificado de Conclusão do Ensino Médio;
    • Carteira de Identidade e CPF (ou Carteira de Habilitação), comprovante de renda dos últimos três meses e comprovante de endereço (FIADOR)
    • Comprovante de renda de TODOS os moradores da casa, (é necessária a apresentação de APENAS um dos documentos de um dos itens abaixo, para cada morador da casa),sendo:

Tipo de Comprovante de Rendimentos

  • ASSALARIADOS
    • Três últimos contracheques, no caso de renda fixa, OU
    • Seis últimos contracheques, quando houver pagamento de comissão, OU
    • Seis últimos contracheques, no caso de pagamento de hora extra, OU
    • CTPS registrada e atualizada.
  • DESEMPREGADOS
    • Xérox da primeira página da Carteira de Trabalho, da última página com o registro e data de saída do emprego e, também, da página subsequente em branco;
  • PESSOAS SEM NENHUMA RENDA E QUE NÃO POSSUEM CARTEIRA DE TRABALHO
    • Declaração simples de inexistência de renda, escrita de próprio punho e assinada.
  • APOSENTADOS E PENSIONISTAS
    • Três últimos comprovantes de recebimento de aposentadoria ou pensão, pelo menos, OU
    • Extratos bancários dos últimos três meses que tenha o crédito do INSS, pelo menos, OU
    • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal e da respectiva notificação de restituição, OU
    • Extrato de pagamento dos últimos três meses emitido pela Internet no endereço eletrônico .
  • AUTÔNOMOS
    • Declaração original de renda registrada em cartório, OU;
    • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal e da respectiva notificação de restituição, OU
    • Guias de recolhimento ao INSS dos três últimos meses, compatíveis com a renda declarada.
  • SÓCIOS E DIRIGENTES DE EMPRESAS
    • Três últimos contracheques de remuneração mensal, OU
    • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal e da respectiva notificação de restituição, OU
    • Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica – IRPJ, OU
    • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas.
  • ATIVIDADE RURAL
    • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil e da respectiva notificação de restituição,  OU
    • Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica – IRPJ, OU
    • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas, OU
    • Notas fiscais de vendas dos últimos seis meses.
  • PROFISSIONAIS LIBERAIS
    • Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal e da respectiva notificação de restituição, OU
    • Guias de recolhimento ao INSS dos três últimos meses, compatíveis com a renda declarada, OU
    • Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.
    • Comprovante de rendimentos de aluguel ou arrendamento de bens móveis e imóveis (caso a família tenha renda proveniente do aluguel de outros bens que possui).

Na falta dos documentos necessários indicados acima, a inscrição NÃO será aceita.

Após entregar TODOS os documentos necessários, o aluno deverá esperar a inscrição ser analisada pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA).

Após a validação da inscrição pela CPSA, o aluno deverá dirigir-se à agência bancária escolhida no momento da inscrição, para contratar o financiamento.

Esclarecimento de Dúvidas