Sistema de Avaliação

Sistema de Avaliação

O curso de Letras do Uni-FACEF adota um processo de avaliação contínua, por meio de múltiplos instrumentos de avaliação.

Os resultados do processo de avaliação servem para redimensionar o ensino e a aprendizagem e todo o planejamento inicialmente elaborado.

A avaliação acompanha todo o processo de formação discente, não sendo vista, portanto, como resultado, mas como diagnóstico ou formação. Sendo assim, é desenvolvida em todas as aulas, através de seminários, fichamentos, participações, debates, trabalhos de resumo, resenha e fichamentos, dramatizações, escrita de artigos e de pesquisas científicas, TCC etc. Todos os instrumentos são mobilizados com o objetivo de formar integralmente – científica, cultural, artística e ética – o corpo discente.

O aluno deve apresentar, ao final do semestre, a média mínima 6,0 (seis) pontos por disciplina e, ainda, 75% (setenta e cinco por cento) de frequência em cada disciplina. Não obtendo esses índices, fica em regime de dependência. O aluno poderá carregar 04 (quatro) disciplinas, em regime de dependência, para o semestre seguinte. São atribuídas duas médias por semestre, compostas, em cada disciplina, por, no mínimo, dois instrumentos de avaliação, em cada bimestre, sendo uma prova escrita individual e por qualquer outro instrumento de avaliação.

As provas de dependência e as de provas de adaptação e também os trabalhos relativos a esses processos são organizados e agendados pelo departamento, nos dois bimestres do semestre e afixados nos murais da sala de aula.

Os alunos em licença, por saúde ou licença gestante ou maternidade, seguem os seguintes procedimentos:

  • o aluno (ou seu procurador) deverá apresentar, na Secretaria do Uni-FACEF Centro Universitário Municipal de Franca, atestado médico ou certidão de nascimento do filho, juntamente com requerimento preenchido no local;
  • o prazo para a retirada dos trabalhos e a data de entrega dos mesmos deve ser determinada pela Secretaria, que deverá levar em conta o tempo para a preparação dos trabalhos pelos professores;
  • as médias são fornecidas após a correção e entrega dos trabalhos pelos professores;
  • os prazos estipulados pela Secretaria não podem ser alterados pelos alunos.

Também nas provas de dependência e de adaptação a média bimestral a ser atingida pelos alunos deve ser 6,0 (seis) pontos.

Regulamento Institucional dos Procedimentos para a Condução de Disciplinas em Regime de Dependências, Adaptações, Aproveitamentos de Estudos e Complementação de Carga Horária (Para Ingressantes Em 2016

Práticas formais de avaliação

São realizadas avaliações orais e escritas. Cada docente do curso tem autonomia para avaliar o conteúdo ministrado e os objetivos estabelecidos, fazendo uso de, pelo menos, dois instrumentos diferentes de avaliação por bimestre.

A IES define períodos de provas, ao final de cada bimestre, ou seja, ao final de abril, ao final de junho, ao final de setembro e ao final de novembro. O início dos meses de julho e dezembro é destinado às avaliações substitutivas.

Dado o período de avaliações, o Departamento define as datas de realização das avaliações das diversas disciplinas. As avaliações são aplicadas no dia e no horário dos respectivos professores. Desde o início do ano, os estudantes recebem dois calendários – o Acadêmico, que é geral para todos os estudantes do Uni-FACEF Centro Universitário Municipal de Franca – e o calendário do Curso – em que constam todas as especificidades de ensino, pesquisa e extensão do curso.