Informações Gerais

Dados do curso

Criação Turno Regime Vagas Duração
2005 Integral Semestral 50 10 semestres (5 anos)
Habilitação Título
Licenciatura e Formação de Psicólogo Licenciado em Psicologia e Psicólogo

Aspectos Legais de Criação do Curso

O curso de Psicologia do Centro Universitário Municipal de Franca Uni-FACEF, teve início no ano letivo de 2005. Ressalta-se que o referido curso já constava do PDI – Plano de Desenvolvimento Institucional – apresentado no processo de transformação da Faculdade em Centro Universitário. O Uni-FACEF responde ao Conselho Estadual de Educação (CEE) do Estado de São Paulo. O Conselho foi informado da criação do curso por meio do Ofício no. 0218/04 com a publicação do ato no Diário Oficial da União de São Paulo, volume 114, número 246 em 30/12/2004. Seu reconhecimento foi efetivado em 12/05/2008, nos termos do Decreto no. 9887/77 após o parecer CEE no. 213/2008.

Veja mais informações sobre este curso no site do INEP clicando aqui.

Perfil Profissiográfico do Egresso

O profissional em Psicologia formado pelo Uni-FACEF deverá se trabalhado no sentido não de um perfil, mas de uma pluralidade e abrangência com base em núcleos comuns aos cursos de graduação em Psicologia do país.

No presente caso, os alunos passam por uma formação de base sólida que oferece, no entanto, ênfases em Psicologia Clínica e Psicologia Organizacional, viabilizando-se que o aluno também possa optar por um aprofundamento em outra área que ele considerar desejável, após realizar as disciplinas básicas iniciais. Desta forma, optou-se por oferecer uma formação pluralista, já que se busca formar alunos com competências e habilidades consideradas básicas para a atuação profissional do Psicólogo, que possibilitem a contemplação das várias possibilidades de exercício profissional e a importância de sua integração com as concepções teórico-metodológicas existentes.

Importante enfatizar a preocupação com a multidisciplinaridade e a interdisciplinaridade, uma vez que se visa formar um profissional engajado e comprometido com o indivíduo contextualizado, considerando as questões sócio-político-econômico e institucionais da realidade brasileira.